Perceção Tátil

Perceção Tátil

Perceção, de uma forma geral, significa compreender com precisão o estímulo recebido.

Nesta pequena abordagem iremos focar apenas o sistema tátil que nos permite receber a informação tátil do meio externo. Perceção refere-se à capacidade de interpretar claramente a qualidade, quantidade, localização,tamanho e forma do estímulo.

A perceção tátil nas mãos e nos dedos está relacionada com a destreza, bem como a capacidade de manipular objetos, como por exemplo, o lápis/caneta na escrita. Quando existe disfunção na perceção tátil, algumas tarefas do dia-a-dia podem ficar comprometidas, tais como:

  • Necessitar frequentemente do auxílio da visão para completar tarefas de motricidade fina, como por exemplo, abotoar uma camisa;
  • Procurar objetos escondidos apenas com tato;
  • Identificar uma forma desenhada sobre a mão, sem o auxílio da visão;
  • Ajustar o lápis na mão de forma a realizar uma correta preensão;
  • Identificar onde foi tocado se não vir;
  • Descrever as caraterísticas físicas ou textura de um objeto apenas pelo toque;
  • Temperar a água do banho ou manusear objetos com temperaturas extremas.

Assim, uma disfunção na perceção tátil pode comprometer as atividades do dia-a-dia, dificultando a funcionalidade e autonomia da criança.

A intervenção com terapeuta ocupacional é fundamental para ajudar a criança a lidar com as informações táteis que recebe do meio ambiente e contribuir para uma resposta adequada aumentando, assim, a sua autonomia e funcionalidade.