Homeopatia

O tratamento homeopático consiste em fornecer a um paciente sintomático doses extremamente pequenas e seguras de substâncias activas (de origem animal, vegetal mineral/química) que produzem os mesmos sintomas em pessoas saudáveis, quando expostas a quantidades maiores. Desse modo, os medicamentos homeopáticos reforçam as capacidades do próprio corpo para combater a doença e restaurar o equilíbrio.

Na homeopatia não há doenças mas sim doentes no sentido que a terapêutica é individualizada. São tidos em consideração não só os sintomas clínicos da doença mas também a reacção de cada doente à doença e os sintomas individuais que diferem de pessoa para pessoa.

A homeopatia trata as doenças agudas muito rapidamente, em especial quando os medicamentos são administrados logo após os primeiros sintomas.

O medicamento homeopático não é tóxico, não tem contra – indicações, não apresenta efeitos adversos conhecidos e não tem interacção com outros medicamentos.

Principais indicações:

  • patologia ORL,
  • afeções digestivas (náuseas, diarreia, obstipação),
  • manifestações psicossomáticas ( stress, ansiedade, distúrbios de sono),
  • traumatologia,
  • dermatologia ( verrugas, moluscos, herpes).