Integração Sensorial

A Integração Sensorial é um processo neurológico no qual o cérebro organiza as sensações que recebe do próprio corpo e do ambiente, usando o corpo de um modo eficaz no ambiente.

O cérebro regista, seleciona, interpreta, compara e associa a informação sensorial dando uma resposta adaptativa.

A integração sensorial desenvolve-se ao longo do crescimento, através da participação em variadas atividades. Quando este desenvolvimento é afetado surge uma disfunção da integração sensorial. Esta disfunção interfere na exploração e no envolvimento com o contexto. Compromete, assim, a capacidade que nos permite perceber como devemos usar as nossas mãos e o nosso corpo em tarefas como brincar, usar um lápis e um garfo ou vestir/despir.

A Terapia de Integração Sensorial é uma intervenção fundamental para minimizar dificuldades de aprendizagem, perturbação de hiperatividade e défice de atenção, dificuldades motoras e problemas comportamentais.