Teletrabalho e… pais à beira de um ataque de nervos!

Teletrabalho e… pais à beira de um ataque de nervos!

E se temos de continuar a trabalhar a partir de casa?

Ultimamente, teletrabalho tem sido uma das palavras mais ouvidas a propósito do isolamento profilático em virtude do COVID-19.

De repente a nossa sala ou cozinha transforma-se no nosso local de trabalho, a partir do qual temos de realizar todas ou parte das tarefas inerentes à nossa actividade profissional mas também o local a partir do qual temos de gerir muitas outras coisas, como por exemplo os nossos filhos e todas as suas exigências.

Teletrabalho – Trabalhar… a partir casa.

Para alguns o teletrabalho já fazia parte da sua rotina diária, mas para a grande maioria é uma novidade que se pode tornar bem difícil de realizar.

Em primeiro lugar importa clarificar o que é mesmo o teletrabalho. De acordo com o artigo 165º do Código do Trabalho, considera-se teletrabalho a prestação laboral realizada com subordinação jurídica, habitualmente fora da empresa e através do recurso a tecnologias de informação e de comunicação. Por outras palavras o trabalhador passa a realizar o seu trabalho, sempre que possível,  através de sua casa, com o recurso ao telemóvel e computador.

Se está nesta situação  e…

Sente que acorda e não sabe bem como iniciar o seu dia de trabalho?

Sente que não é produtivo?

Tem dificuldade em separar as tarefas domésticas do trabalho?

Aqui ficam algumas dicas que o podem ajudar a superar este desafio

Escolha um espaço da casa dedicado apenas ao trabalho e evite trabalhar em zonas onde costuma descansar ou passar tempo em família. Se não tem escritório em casa ou uma secretaria, pode usar a mesa da cozinha ou da sala de jantar, desde que ao final do dia de trabalho arrume essa zona como sinal de fim de dia de trabalho.

Tenha objetivos diários. Os objetivos diários são importantes para que não haja atrasos, nem falhas nos trabalhos que tem de entregar. Além de que lhe dá a sensação de produtividade… Não deve usar o seu tempo livre em casa para estabelecer esses objetivos, mas sim 10 minutos (por exemplo) do horário de trabalho que definiu. 

Abstenha-se do ruído. Este será um grande desafio se tiver filhos pequenos em casa. Mas não desespere. Na impossibilidade de estar num local mais isolado, o uso de uns auscultadores, quem sabe com as suas músicas preferidas pode ser uma boa opção.

Crie horários bem definidos… comece por ter uma hora para iniciar e terminar o dia de trabalho e tente perceber durante quanto tempo consegue manter a produtividade. Se começa a divagar e com dificuldade em manter o foco talvez esteja na altura de tirar uma pausa, estas também são importantes para sermos produtivos.

Sim, e muito importante: Mexa-se!

Faça pausas frequentes. Durante o seu horário de trabalho obrigue-se a criar os seus momentos de descompressão.

E não esqueça! A Ergonomia – a adaptação dos espaços físicos para garantir a segurança e a saúde do trabalhador, aumentando assim a sua produtividade – é muito importante.

Assim, consideramos estes factores a ter em conta para que possa trabalhar em segurança:

  • Se está sentado deverá fazê-lo numa cadeira com encosto e certificar-se que as costas estão bem apoiadas e os pés apoiados numa superfície de modo a que os joelhos façam um ângulo de 90º.
  • Se está a utilizar o seu computador a mesa que o suporta deverá ter a altura adequada que lhe permita pousar confortavelmente os antebraços, ficando com os seus ombros relaxados.
  • O computador deverá estar com o monitor ao nível dos seus olhos, a uma distância dos olhos entre 50 a 70 cm, o teclado colocado horizontalmente e o rato o mais próximo possível do teclado.

Resumindo, trabalho é trabalho mas, não é tudo!

Para saber um pouco mais acerca deste assunto, porque dicas nunca são de mais! 🙂

http://blog.safemed.pt/ergonomia-em-escritorio-trabalho-sentado-com-computador/

https://www.noticiasaominuto.com/lifestyle/1436011/teletrabalho-dicas-essenciais-para-manter-a-produtividade