Processamento Auditivo Central

O Processamento Auditivo Central (PAC) diz respeito as complexas redes neurológicas que conduzem a informação auditiva desde o ouvido até ao cérebro, onde é então descodificada. Ao longo deste percurso ocorrem diferentes processos que são responsáveis pelo tratamento do sinal auditivo (localização sonora, reconhecimento de padrões auditivos, memória e discriminação auditiva, entre outros) e que são fundamentais para que nós consigamos processar a informação auditiva de forma adequada e, assim, dar significado ao que ouvimos.

Tanto as crianças como os adultos, podem apresentar uma audição normal segundo os testes auditivos mas poderão demonstrar sinais de uma Perturbação do Processamento Auditivo Central (PPAC), que se pode traduzir em alguma(s) das seguintes dificuldades:

  • compreender o que as outras pessoas dizem;
  • manter a atenção em ambientes ruidosos, sendo frequente pedirem para que lhes seja repetida a informação;
  • na perceção dos sons da fala, confundindo sons semelhantes;
  • processar aspetos prosódicos da fala tais como a acentuação ou a entoação;
  • expressar-se de forma clara através da fala;
  • ler;
  • lembrar-se de instruções;
  • entre outras.

Após serem detetados os primeiros sinais poderá ser realizado o diagnóstico de PPAC e, posteriormente, a reabilitação passará por programas de treino auditivo adaptados a cada utente. Assim, será dada a oportunidade de aprender a ouvir com atenção e a processar de forma adequada a informação auditiva, o que possibilitará um melhor desempenho comunicativo e cognitivo.